Homem é preso por furtar câmera de radar avaliada em R$ 10 mil, na Paraíba
7 abr 2016 às 4:40 pm

Homem é preso por furtar câmera de radar avaliada em R$ 10 mil, na Paraíba

Um homem de 26 anos foi preso suspeito de furtar uma câmera de radar do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), em Campina Grande. A prisão ocorreu nessa quarta (6), no estacionamento de um hipermercado, mas a polícia só fez a divulgação nesta quinta-feira (7).

De acordo com o delegado Cristiano Santana, o rapaz é ex-funcionário de uma empresa prestadora de serviços ao Dnit e com ele foram encontradas várias câmeras de radar, que eram utilizadas em fiscalizações de trânsito em rodovias do Estado.

“Cada câmera está avaliada em aproximadamente R$ 10 mil e tais furtos vêm se intensificando. As investigações continuam e outras pessoas já foram identificadas, já que há a suspeita da existência de uma associação criminosa”, disse.

Segundo a polícia, ele foi autuado por crime de receptação e encaminhado para uma unidade prisional, onde deverá aguardar as decisões judiciais.

sirene

Comente